|
porUNICEF
fonteUNICEF
a 19 DEZ 2014

Conflito na Ucrânia já levou ao encerramento de muitas escolas e as crianças continuam a ser as mais vulneráveis

O conflito na Ucrânia causou o encerramento de 147 escolas em partes da região de Donetsk onde prosseguem os confrontos, e já provocou a interrupção da escolaridade de cerca de 50.000 crianças desde o dia 1 de Setembro.

Algumas das escolas estão em ruínas e outras permanecem fechadas por questões de segurança. Nas áreas controladas pelas forças governamentais, 187 instituições educativas foram danificadas ou destruídas.

“É essencial que as crianças possam regressar à escola e retomar a sua escolaridade. As crianças continuam a ser quem suporta o fardo deste conflito, com as aulas suspensas e a limitação do acesso aos serviços básicos. Algumas crianças têm sido testemunhas de combates e bombardeamentos. Lembramos a todas as partes em conflito na Ucrânia que devem assegurar a protecção de todas as crianças da violência em curso,” afirmou Marie-Pierre Poirier, Directora Regional da UNICEF para a Europa Central & de Leste e Ásia Central.

Numa emergência, a escola é crucial para manter algum sentido de estabilidade, estrutura e rotina. Na Ucrânia, a Educação ajuda a atenuar o trauma e o stress das crianças que vivem nas zonas onde decorre o conflito.

A situação de mais de 1.7 milhões de crianças afectadas pela crise crescente na Ucrânia Oriental continua a ser extremamente grave. Desde Março de 2014, mais de um milhão de pessoas tiveram de se deslocar das áreas afectadas pelo conflito, incluindo perto de 530.000 pessoas no país, das quais pelo menos 130.000 são crianças.

As oportunidades de integração das crianças deslocadas no sistema educativo das comunidades de acolhimento são limitadas, porque os pais não estão a inscrever os seus filhos em novas escolas dado que estão na expectativa de outra deslocação ou tencionam regressar a casa.

A UNICEF precisa de 32.4 milhões de dólares para ampliar a sua resposta humanitária de modo a ir ao encontro das carências urgentes de 600.000 crianças e suas famílias na Ucrânia:

  • 225.000 crianças em idade escolar afectadas precisam de materiais para aceder a uma educação de qualidade
  • 100.000 crianças precisam de apoio para reduzir os seus elevados níveis de stress
  • Vacinas contra a poliomielite são urgentemente necessárias para imunizar crianças a pedido do Governo
  • 250.000 crianças e mulheres nas áreas afectadas precisam de água potável e produtos de higiene

“A UNICEF agradece as contribuições recebidas até à data. Precisamos com urgência de apoio para ajudar a UNICEF e seus parceiros a reforçar a nossa resposta às carências mais prementes destas crianças, ainda mais porque o Inverno muito rigoroso veio agudizar o impacte da crise,” declarou Marie-Pierre Poirier.

>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>
2019
2018
2017
2016
2015
2014
2013
2012
2011
2010